25/09/2014

O currículo ainda faz diferença na hora da contratação

Muita gente diz que as empresas estão dispensando o currículo na hora de contratar. A verdade é que, com a internet, ficou mais fácil para os contratantes recrutarem novos talentos pelos inúmeros sites existentes, mas o tradicional CV no papel continua sendo imprescindível.

Ele é o cartão de visitas do profissional e, embora nem sempre a primeira impressão seja a correta, uma boa apresentação é capaz de causar empatia e impressionar quem está do outro lado da mesa. Todavia, algumas dicas são essenciais para preencher o histórico profissional e acertar no tom.

1. Deve ser elaborado com o objetivo de despertar o interesse do recrutador.

2. Experiência é um campo importante, porém, precisa ser citada de forma objetiva, sem exageros.

3. O conteúdo deve ser verdadeiro, cujas informações possam ser comprovadas no momento da entrevista e testes.

4. Duas páginas são o suficiente para se apresentar e não cansar o recrutador.

5. Informações complementares como competências não podem receber uma apresentação excessiva.

Voltar